Vamos falar sobre as 8 top trends (tendências) para 2020, e claro que manter-se atualizado é vital para o sucesso do seu site. Então, vamos direto ao ponto:

Micro-animação

Como o próprio nome já diz, são pequenas animações no site, porém não se engane, elas estão longe de serem insignificantes, são extremamente úteis para informar ao usuário sobre como fazer interações com o seu site.

Elas também podem acrescentar um toque divertido ao seu site, e aqui vai a primeira dica, em 2020 um dos temas principais será o UX ou experiência do usuário e aqui as micro-animações podem ser grandes aliados.

Uma das tendências mais recentes de web design para sites de comércio eletrônico está usando micro animações para aprimorar a experiência do usuário e dar aos compradores uma amostra de como são seus produtos. Esta loja de roupas de ioga já está usando micro animações para mostrar aos compradores como suas roupas se encaixam e se movem sobre pessoas reais:

Formas orgânicas

As formas geométricas foram uma grande tendência de design de sites em 2019, mas em 2020, trata-se de formas orgânicas. Formas orgânicas ou fluidas são qualquer coisa que não envolva linhas retas. Pense nas formas que acontecem na natureza, como colinas ou na maneira como as margens de um lago ou rio são assimétricas e sinuosas.

As formas fluídas são uma ótima maneira de dividir seções de um site sem linhas ou ângulos agressivos. Eles também são ótimos para usar em segundo plano, exemplo como o Android usa círculos atrás de produtos em sua página inicial:

Minimalismo (Design Flat)

O minimalismo as vezes chamado de design flat não é uma novidade, porém em 2020 provavelmente veremos uma mudança nesta tendência, a Apple explorou muito bem isto em seus designs, especialmente nos espaços negativos, porém tudo lá sempre foi muito branco ou tudo preto.

Para 2020 a tendência é termos espaços negativos coloridos.

Bold Color (Cores chapadas)

Cores fortes, brilhantes e saturadas ajudam sua marca a se destacar e vão contra os neutros suaves que muitas empresas escolheram nos últimos anos.

Na verdade, estamos verificando algumas tendências de design da web para 2020: formas orgânicas, minimalismo e cores ousadas!

Navegação móvel amigável para polegares

O design responsivo não é mais uma opção. Seu site deve funcionar bem e ser fácil de usar em dispositivos móveis. Mas em 2020, o design da web estará focado na criação de sites amigáveis.

O que exatamente é “amigável ao polegar”?

Estamos falando da maneira como usamos nossos telefones. Se você está lendo isso em seu telefone agora, veja como está segurando. Seus dedos provavelmente estão enrolados na parte de trás do telefone (ou em uma alça do telefone), deixando o polegar para fazer todo o trabalho.

Aqui está um ótimo gráfico mostrando as áreas fáceis de usar da tela do telefone:

Vídeo inteligente

Há muito que o vídeo é apresentado como um item obrigatório para sites. As pessoas adoram vídeos! O vídeo é envolvente! É a ferramenta de marketing online mais eficaz!

Embora o vídeo seja ótimo, ele precisa ser pensado. É disso que se trata o vídeo inteligente: vídeo com propósito e significado. Já se foram os dias de incorporar um vídeo do YouTube em seu site apenas para ter um. Um vídeo bem pensado e de alta qualidade é melhor do que uma dúzia de vídeos montados aleatoriamente.

Material Design

O material design é, na verdade, uma linguagem de design introduzida pelo Google em 2014. Onde o design tradicional da web parece plano, o design de materiais consiste em usar cores e sombras para imitar o mundo físico e suas texturas.

Os ícones do Google para seu pacote de software são um excelente exemplo:

Conclusão

Existem algumas tendências que eram populares em 2019 e continuarão a ser grandes em 2020:

Velocidade de carregamento – tempos de carregamento rápidos são fatores importantes em UX e SEO há anos. A Akamai e o Gomez.com fizeram estudos sobre como as pessoas interagem com diferentes velocidades de carregamento e descobriram que 50% dos usuários esperam que um site seja carregado em dois segundos ou menos quando clicam em um site. Se levar mais de três segundos para carregar, eles sairão. (E não é provável que eles voltem!)

Primeiro design para dispositivos móveis – mencionamos que o design responsivo / compatível com dispositivos móveis não é mais opcional. De fato, seu site deve ser projetado pensando primeiro nos dispositivos móveis. As pesquisas em dispositivos móveis superaram as pesquisas em computadores desde 2015 e, desde o início de 2017, o tráfego móvel representou quase metade de todo o tráfego da web no mundo. Mais do que um bom UX, o Google classificou os sites compatíveis com dispositivos móveis de maneira mais favorável desde 2018 . Sim, o design para dispositivos móveis é outra gota no seu balde de SEO.

Chatbots – os chatbots são outro recurso popular há alguns anos e continuará sendo relevante em 2020. À medida que a inteligência artificial e o aprendizado de máquina continuarem a ficar mais sofisticados, esperamos ver os bots de bate-papo se tornarem a norma para o atendimento simples ao cliente solicitações e “compras pessoais”, como discutimos há pouco.

Certificados SSL – Os certificados SSL são menos uma tendência e mais uma medida de segurança padrão para sites. SSL significa Secure Sockets Layer e o certificado está instalado no seu servidor web. Ele serve para dois propósitos: autentica a identidade do site, o que garante aos visitantes que eles não estão em um site falso e criptografa os dados que estão sendo transmitidos. Isso garante uma “conversa” privada entre seu site e seus visitantes. Se o seu site não possui um certificado SSL, a obtenção de um deve ser uma prioridade em 2020, especialmente se você possui um site de comércio eletrônico!

A rotina exige que sejamos ágeis, assertivos e práticos

Pensando em você que deseja iniciar no mercado digital, seja estudante ou um pequeno profissional liberal criei uma série de posts sobre ferramentas para agilizar sua rotina digital.

Sejam ferramentas para gestão pessoal, gestão de projetos, banco de imagens, otimização de imagens, conteúdo sobre mídias sociais, segurança digital, banco de ícones, ferramentas para testes A/B e performance.

Neste post vou falar sobre:

Otimização de imagens

Imagens são parte importante do conteúdo da internet, hoje em dia é impossível pensar em um blog ou site sem imagens. Por isso a otimização de imagens é extremamente importante.

Não estamos apenas falando da qualidade mas também do tempo de carregamento pois isto é vital para um bom ranqueamento pelo Google, então, vamos direto ao ponto:

SHORT PIXEL

shortpixel.com

Velocidade de carregamento é um dos principais fatores que o Google avalia em um site ao classificá-lo e para aqueles que utilizam sites baseados em WordPress este é um plugin que faz muita a diferença.

As imagens são processadas em nuvem e depois substituídas no site, isto vale também para novas imagens quando são carregadas no site.

Tyne PNG

tynepng.com

Outra ferramenta que pode ajudar nesta questão de otimização de imagens é o tyne png, porém diferente do short pixel, este otimiza a imagem sem a perda visual de qualidade da imagem.

Audacity

audacityteam.org

Uma aplicação ótima para quem precisa fazer edição de vídeo e áudio, a dica aqui é que ele é um dos aplicativos mais utilizados para edição de podcasts, ele permite mixagem e gravação de instrumentos.

A rotina exige que sejamos ágeis, assertivos e práticos

Pensando em você que deseja iniciar no mercado digital, seja estudante ou um pequeno profissional liberal criei uma série de posts sobre ferramentas para agilizar sua rotina digital.

Sejam ferramentas para gestão pessoal, gestão de projetos, banco de imagens, otimização de imagens, conteúdo sobre mídias sociais, segurança digital, banco de ícones, ferramentas para testes A/B e performance.

Neste post vou falar sobre:

Banco de imagens

Não importa se você está criando uma landing page ou prototipando um wireframe no adobe XD, você vai precisar de um banco de imagens. Uma questão importante a ser considerada é o tipo de licença das imagens.

Considere escolher licenças sob a atribuição CC (Creative Commons) onde neste caso você pode fazer o uso comercial da mesma de forma livre.

Então indo direto ao ponto vamos a lista:

UNSPLASH

unsplash.com

STARTUP STOCK PHOTOS

startupstockphotos.com

PIXABAY

pixabay.com

KABOOMPICS

kaboompics.com

FANCY CRAVE

fancycrave.com

MAGDELEINE

magdeleine.co/browse

SPLITSHIRE

splitshire.com

Lendo um post no blog do Willian Justen sobre o que ninguém diz para os inciantes fiquei pensando sobre, afinal, o que eu gostaria de ter ouvido quando comecei?

Bem, gostaria de ter compreendido alguns aspectos os quais explicarei aqui:

Identidade

Quando comecei queria desenvolver o melhor e maior projeto, porém esbarrava em várias complicações, uma das principais era o design, levei tempo para entender que primeiro tinha que compreender vários aspectos do projeto (layout, aplicação, código e principalmente quais os limites destes elementos) para daí sim fazer.

E o que gostaria de ter ouvido sobre isto?

Basicamente como conta Austin Kleon no seu livro Roube como um Artista, se até o seu DNA é o resultado da cópia de 50% dos DNAs dos seus pais, é natural que você comece uma ideia inspirando-se nos seus professores, artistas, mestres que vieram antes de você, comece copiando-os, aprendendo as técnicas, descobrindo os desafios que eles passaram para desenvolver suas técnicas.

Importante aqui saber diferenciar cópia de plágio, cópia é quando você tenta reproduzir algo, plágio é quando você faz uma cópia e atribui a você a autoria daquilo.

Dizendo sim… à você

Outro ponto importante é saber quando dizer não, passei muito tempo tentando entender como dizer não a uma proposta, um job ou uma situação que não me seria agradável ou favorável.

E acreditem esta talvez tenha sido a mais demorada lição de todas para chegar em sua compreensão. E isto aconteceu porque tive que juntar muitas peças para compreender o processo do dizer o não.

As peças

Somando os negativos

Primeiro a compreensão da natureza e aqui vamos entrar um pouco em questões filosóficas, matematicamente falando como se calcula uma subtração?

Bem você pode pensar que seria subtraindo um valor de outro, mas não é bem assim que acontece, você já parou pra pensar que a subtração pode ser uma soma? Sim, se você compreender que números são positivos e negativos, então podemos subtrair somando um número positivo com um negativo.

Seria algo como, (+4) + (-3) = (+1) só que pra facilitar a aprendizagem te ensinaram que seria assim: 4-3=1 (simplesmente removeram os + da equação).

E você deve está pensando o que isso tem em haver com o assunto, né? Calma, vamos para a próxima peça do quebra-cabeças.

O Universo só reconhece o sim

Este foi o mais difícil conceito de compreender, porém é o mais simples, aliás como diz Carlos Castañeda em seu livro The techings of Don Juan, o que é simples não significa que é fácil.

Basicamente aqui se pensarmos como nosso cérebro processa as informações do dizer ou ouvir o não. Bem, indo direto ao ponto, é como na equação matemática acima, a informação é processada, porém o fato de existir um termo “não” presente na frase anula o sentido do próprio “não” fica nulo, é por isso que o emprego deste termo em publicidade é evitado. Pense assim, a ordem fica registrada mas este termo negativo “não” passa nulo.

Unindo estas peças

Podemos agora então comparar a questão do não com a subtração, como disse Stephen Hawkig, Matemática é a única linguagem que temos em comum com a natureza. Faz sentido dizer que o termo “não”, assim como a subtração foi apenas um artifício de aprendizagem.

E o que gostaria de ter ouvido quando comecei sobre isto? Simples, antes de dizer um SIM, pense em quantos NÃOS você terá que dizer para você mesmo.

E lembre-se que o não passa nulo no processamento do seu cérebro, ou seja, antes de falar um sim para um projeto, job ou outra pessoa, pese os “nãos” que virão com este sim, se eles forem mais pesados que os “sims” para você, faça um favor à você, diga SIM para você e fale o NÃO sem culpa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2019 Claudio Mendes